Proibido na Europa, Galaxy Tab 10.1 chega ao Brasil dia 13/8


O aparelho tem sido objeto de uma guerra de patentes com a Apple, que conseguiu com que a Justiça européia impedisse sua comercialização no continente

A operadora móvel Vivo anunciou nesta sexta-feira (12/8) que começa a vender amanhã, sábado (13/8), o tablet Galaxy Tab 10.1, da Samsung. Segundo a empresa, as vendas serão feitas com exclusividade até o fim de agosto.

O aparelho usa sistema Android 3.1 (Honeycomb), pesa 565 gramas e tem tela de 10,1 polegadas. Em termos de conectividade, o Galaxy Tab 10.1 traz 3G, Wi-Fi e Bluetooth 3.0, além de porta USB e função de GPS.

Entre o "conteúdo diferenciado" oferecido pela operadora estão dois meses gratuitos de acesso à empresa de aluguel de filmes streaming NetMovies, uma versão demo do jogo Need for Speed Shift e revistas eletrônicas.

O preço do aparelho avulso é 1.999 reais, mas pode baixar para 1.399 reais caso o cliente contrate um plano de Internet de 2 GB. Neste caso, a conta mensal (plano e parcela) será de 229,80 por 12 meses. Após esse período, o assinante pagará a tarifa mensal do serviço, de 89,90 reais.

Lançado em junho nos Estados Unidos, o Galaxy Tab 10.1 custa a partir de 499 dólares (versão Wi-Fi com 16 GB). O aparelho tem sido objeto de uma guerra de patentes com a Apple, que esta semana conseguiu com que a Justiça européia impedisse sua comercialização no continente.