Mídia impressa X Mídia Digital


Você já ouviu falar sobre e-books? Trata-se de um livro em formato digital que, embora já exista a um considerável tempo, ganhou popularidade com a chegada dos leitores digital como o Kindle da Amazon ou o Ipad da Apple.

Esse formato digital é alvo de criticas, as quais defendem a idéia de que o livro digital nunca substituirá a emoção transmitida pela textura do papel, o cheiro das páginas, o peso, a ansiedade de ler diante das inúmeras páginas, enfim, tantos sentimentos que só poderão ser transmitidas pelo livro impresso.
Isto é um fato, porém, a de se convir, o e-book tem suas vantagens. Em primeiro lugar o custo da produção é menor que há do livro impresso, já que é eliminado o custo com a impressão e transporte.
Logo, o valor do volume impresso não é repassado para o produto final, o que torna o e-book mais barato e menos poluente para o meio ambiente. Sua distribuição se dá em um ambiente on-line, o qual permite o acesso quase imediato a qualquer livro em qualquer parte do mundo, sendo que, até os livros com maior quantidade de páginas não costumam possuir muitos Kbytes, permitindo transportar muitos livros em um pendrive, os quais poderão ser lidos facilmente em outro computador ou em algum leitor digital.
Os e-books também têm sua forma de provocar emoções. O IPAD utiliza uns sistemas de transposição de páginas que imita o movimento que é feito ao virar a página.
Como se trata de uma mídia digital pode-se incluir som, vídeos, imagens animadas, tudo o que o mundo digital dispõe para interagir com o usuário.

Como o assunto é “Mídia Impressa X Mídia digital”, não se pode deixar de falar também das revistas que é um mercado digital em crescente expansão. Atualmente as revistas buscam se adaptar a estas novas tendências, a TIME Magazine foi o primeiro título a aderir a esta tecnologia, por exemplo, não exigindo assim grande investimento por parte da empresa já que o mesmo software que é usado para desenvolver a mídia impressa pode ser usado para a mídia digital.

O baixo custo de produção favoreceu também o surgimento de várias revistas que existem unicamente em ambiente online e são distribuídas gratuitamente. É o caso da revista Idéia Fixa         http://www.ideafixa.com/,
disponibilizada gratuitamente a cada trimestre.
O site Issuu http://issuu.com/ é outro exemplo que disponibiliza um grande acervo online de títulos estrangeiros e brasileiros. Vale lembrar que embora possuam versão impressa, nenhuma revista é escaneada, todas são produzidas digitalmente e podem ser ampliadas para facilitar a leitura.

Agora, se você ficou curioso para ver como seria um livro com som e movimento, tenho a dica ideal. O Its Real  http://www.itsreal.com.br é uma revista online gratuita e de assuntos diversos onde foi utilizado recursos de som, movimento de imagem e vídeos. Pra deixar você com mais vontade de comprar o seu Ipad e navegar por essa nova tecnologia, segue o link para um vídeo demonstrativo do e-book animado “Alice no país das maravilhas” http://www.youtube.com/watch?v=gew68Qj5kxw

 Não deixei de conferir o nível de interação que existe nessa nova mídia. E finalmente, se ficou interessado nessa nova tendência e deseja adquirir alguns e-books, segue a dica do Simplíssimo http://simplissimo.com.br/blog/ um site onde poderá encontrar e-books gratuitos e outros tantos a baixos preços.

O e-book é certamente a tendência do futuro, mas como uma aficionada por livros, arrisco dizer que embora maravilhosa, essa nova mídia nunca irá substituir o livro impresso, mas sim complementar.

Copiado de: