Livro digital será realidade em escolas públicas até 2015


Por Wikerson Landim em 21 de Janeiro de 2013

Programa Nacional do Livro Didático quer contemplar versões impressas e digitais, que poderão ser distribuídas de forma igualitária nas escolas.

A partir desta segunda-feira (21) estão abertas as inscrições para as editoras de livros didáticos que desejem incluir livros digitais na grade curricular dos estudantes dos ensinos fundamental e médio. Uma das metas do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) é que até 2015 essa modalidade seja ofertada para os alunos de escolas públicas.
A princípio, as editoras interessadas devem enviar projetos de livros digitais que venham acompanhados da versão impressa. A diferença é que os digitais devem incluir outros tipos de conteúdos multimídia, como vídeos, animações, simuladores e até mesmo jogos.

Além dos livros digitais, pela primeira vez o governo planeja incluir livro de arte para os alunos do ensino médio da rede pública. As demais disciplinas contempladas permanecem as mesmas: português, matemática, geografia, história, física, química, biologia, inglês, espanhol, filosofia e sociologia.

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/e-book/35552-livro-digital-sera-realidade-em-escolas-publicas-ate-2015.htm#ixzz2IeID9yLi